Whiplash.Net - Novidades

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Scarface - Seria uma pena se...

Por: Loco do Bodoque

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Louco do Bodoque lança grife de camisetas

Loco do Bodoque , acaba de lançar sua grife de camisetas personalizadas!
Para comprar a sua é muito fácil, entre em contato pelo email:
loucodobodoque@gmail.com
No momento, apenas disponíveis nas cores branca e preta, tamanhos P, M, G e GG.
Em breve em outras cores e com outras estampas.
Preço especial de lançamento:
BRANCA: de R$ 40,00 + FRETE, por apenas R$ 25,00 + FRETE (mandamos para todo o Brasil);
PRETA: de R$ 42,50 + FRETE, por apenas R$ 27,00 + FRETE (mandamos para todo o Brasil).
Abaixo, foto ilustrativa das camisetas:
Abaixo, zoom das estampas:

sábado, 17 de novembro de 2012

Marshall: jogo de tabuleiro sobre rock e guitarra

     Em comemoração aos 50 anos da empresa, a Marshall fez uma parceria com a Rock Science para criar uma versão de edição limitada de seu popular jogo de tabuleiro, segundo o site Whiplash.
     A brincadeira apresenta mais de 1.600 perguntas triviais que vão do rock ao metal, abordando artistas clássicos e novos. A caixa é parecida com um amplificador Marshall. O jogo estará disponível nas lojas americanas até o mês que vem.
     "Para um amante da guitarra, é um sonho virando realidade", disse Jorge Bravo, diretor de criação da Rock Science. "São 50 anos de história da guitarra em um jogo", completou.
     Rock Science é um jogo de tabuleiro para até seis jogadores. O objetivo é ser o primeiro a terminar uma volta em torno da placa por meio do uso de conhecimentos do rock, apostas inteligentes e um pouco de sorte. O jogador também pode ser solicitado a cantarolar os riffs de canções clássicas.
     Todas as questões têm três níveis de dificuldade: Poser, Fã e Scientist.

Kiss em Porto Alegre: apesar do atraso, fãs foram ao delírio

Show em Porto Alegre era muito esperado pelos fãs
     Segundo o site Ospaparazzi, o show do Kiss em Porto Alegre nesta quarta-feira, 15, começou com um atraso de mais de duas horas, mas isso parece não ter tirado o animo dos fãs que agitaram o show do começo ao fim. Quem foi ao show do Kiss se orgulha de fazer parte da história da banda, que para os integrantes mascarados, o Kiss só existe por causa dos fãs.
     A banda Kiss tem quase 40 anos de história e possui mais de 90 milhões de discos vendidos. Quando anunciaram o show do Kiss no Brasil em 2012, para divulgação da turnê do álbum "Monster", lançado este ano, os fãs puderam comemorar. Esta é a quinta vez que o Kiss faz show no Brasil.
     O show do Kiss no Gigantinho, em Porto Alegre, estava marcado para começar às 21 horas, mas devido ao atraso na montagem do palco, o show só foi começar por volta das 23h25. Segundo a organização, as carretas vindas do Paraguai, onde o Kiss fez show no dia 12, que transportavam todo o equipamento de palco ficou retido na Alfândega. A banda que abriu o show do Kiss em Porto Alegre, "Rosa Tattooada", se apresentou enquanto o palco ainda estava sendo finalizado.
     O público ficou impaciente e um tanto ansioso para o início do show, mas a noite foi bem agitada, a estrutura do palco, as luzes, efeito de fumaça e fogo envolveram os fãs. O Kiss abriu o show com a música "Detroit Rock City", em seguida "Shout It Out Loud", clássicos do disco "Destroyer", de 1976. Do novo álbum, "Monster", veio em seguida "Hell or Hallelujah" e "Wall of Sound".
     O show ficou lotado, todo mundo queria ver de perto o Kiss, formada pelo baixista Gene Simons, o guitarrista Paul Stanley (os remanescentes da formação original), o guitarrista Tommy Thayer e o baterista Eric Singer. A banda interagiu bastante com os fãs durante o show, e as canções mais esperadas ficaram para o final do espetáculo, "I Was Made for Lovin' You" e "Rock And Roll All Nite".
     A turnê do Kiss pelo Brasil segue para São Paulo, com show na Arena Anhembi dia 17 e no Rio de Janeiro dia 18 na HSBC Arena.
     Segundo o site Diário de Pernambuco, em julho, a banda de heavy metal Viper voltou aos palcos para retomar a carreira que estava em pausa havia 20 anos. A turnê, programada para durar um mês, ganhou novas datas e rodou o Brasil com shows esgotados. Para coroar o comemorado retorno, a banda recebeu a notícia, nesta quarta-feira, de que foi a escolhida para abrir as apresentações do Kiss em São Paulo (dia 17, na Arena Anhembi) e no Rio de Janeiro (dia 18, na HSBC Arena).
     "Kiss foi a primeira banda de que realmente fomos fãs. Em 1983, ainda adolescentes, fomos ao show que eles fizeram no Brasil e foi muito marcante para nossa vida e carreira. E agora, quase 30 anos depois, ter a oportunidade de abrir para eles é emocionante", diz o guitarrista Felipe Machado, que se apresenta com André Matos e companhia entre 20h e 20h30.